segunda-feira, 31 de março de 2014

LIGA OURO DE BASQUETE

Olhando lá para cima

Campo Mourão vence a segunda para cima do Rio Claro, segue crescendo na competição e assume a segunda colocação da Liga Ouro
O Campo Mourão segue crescendo na Liga Ouro. Depois de ficar na última colocação desde a primeira rodada, o time paranaense venceu as duas partidas diante do Rio Claro Basquete, em casa, e assumiu a segunda colocação na competição de acesso ao NBB.
Nesta segunda-feira, a equipe do Paraná superou o rival paulista, por 81 a 77, na prorrogação e chegou a quarta vitória em oito jogos disputados no campeonato (50% de aproveitamento).
O ala Castellon, cestinha da Liga Ouro, foi novamente o destaque do Campo Mourão na partida, com 26 pontos. Além dele, dois atletas da equipe paranaense contribuíram com 14 pontos cada: o ala Lima e o pivô Éder Araújo, mesma pontuação do principal nome do Rio Claro, o ala/armador Luisinho.
Estevam, do Rio Claro
Estevam, do Rio Claro (Walter Natálio/Divulgação)
  • Miniatura
  • Miniatura
  • Miniatura
  • Miniatura
  • Miniatura
Motivados com a vitória na noite anterior, o Campo Mourão manteve o ritmo acelerado no início do segundo jogo. Explorando bem o pivô Éder Araújo no garrafão, o time paranaense assumiu a liderança do marcador desde os primeiros lances do primeiro quarto. Nem a atuação do ala Caio Ranches, pelo Rio Claro, impediram que os donos da casa perdessem a frente do placar na etapa inicial (19 a 15).
As bolas de fora começaram a cair pelo lado da equipe do Paraná no início do segundo período e a vantagem ampliou para 11 pontos (32 a 21). Quando parecia que a equipe mandante ia deslanchar no placar, o ala norte-americano Nafis Ricks chamou a responsabilidade e, com 10 pontos somente na segunda etapa, ajudou o Rio Claro a diminuir a diferença para cinco pontos (35 a 29).
A pressão dos visitantes continuou por todo o terceiro período e com menos de cinco minutos para o final da etapa, o ala/armador Luisinho acertou um arremesso de 3 pontos que deixou a partida igual, 44 a 44. A virada veio momentos mais tarde, com dois lances livres do pivô Vinicius Pastor (49 a 48), mas os paranaenses empataram o confronto no final do quarto (51 a 51).
O time de Rio Claro ganhou confiança e, com uma sequência de 11 a 0 no começo do último quarto (62 a 51), ficou bem perto da vitória. Porém, a torcida fez a diferença para o time da casa, que, motivado, iniciou uma recuperação na partida. Liderado pelo ala Castellon, o Campo Mourão ficou apenas dois pontos atrás no marcador (66 a 64), faltando dois minutos para o final.
Com um pouco mais de um minuto, Castellon, novamente, com uma cesta de 3 virou o jogo para o time paranaense (67 a 66). Após alguns ataques, o pivô Estevam acertou dois lances livres e recuperou a liderança para o Rio Claro (68 a 67), mas, em seguida, o jovem armador Michel colocou o Campo Mourão de volta na frente (69 a 68).
Faltando 30 segundos, o Rio Claro trabalhou bem a posse de bola e o ala/pivô Vinicius acertou um tiro de 3 para recolocar o time paulista na frente (71 a 69). Com 10 segundos no cronômetro, o Campo Mourão foi para o ataque e o ala Lima sofreu falta. O jogador acertou os dois lances livres (71 a 71) e levou o confronto para a prorrogação.
No tempo extra, o jogo ficou tenso e as duas equipes tiveram dificuldades em pontuar. Com uma cesta de 3 de Castellon e mais quatro pontos seguidos de Michel, a equipe mandante abriu cinco pontos de vantagem no placar (78 a 73), diferença que ficou impossível de ser tirada na partida.

domingo, 30 de março de 2014

DEC/SÃO JOSÉ BASQUETE JOGA BEM MAS PERDE PARA MOCOCA


A equipe do DEC/São José Basquete, jogou na manhã desse domingo dia 30 contra a equipe da AEM/Mococa no ginásio da AAR. Apesar da rerrota por 62 a 25,o técnico Hebinho de Souza gostou principalmente do primeiro que terminou com a parcial de 17 a 28. "Enfrentamos uma das melhores equipe da nossa região, enquanto tivemos preparo físico conseguimos jogar de igual paraa igual. Mas no segundo tempo não conseguimos manter o rítmo. O próximo compromisso da equipe será no próximo sábado dia 5 as 10hs30min no ginásio da AAR contra a equipe de Itatiba

Atuaram pela equipe do DEC/SÃO JOSÉ BASQUETE: Gabriel, Tiago, Misael, Jonas, Felipe, João Paulo, Luquinha, Gustavo, Octávio, Mateus, Telisson, Brito e o técnico Hebinho de Souza.

Poder de reação

Campo Mourão cresce de produção no terceiro quarto, supera o Rio Claro, em casa, e continua subindo de produção na Liga Ouro

Depois de começar a Liga Ouro com três derrotas consecutivas, o Campo Mourão vem mostrando todo seu poder de reação. Neste domingo, o time do Paraná superou, em casa, o Rio Claro Basquete, por 78 a 69, em partida que abriu o segundo turno da competição, e se aproximou dos líderes da divisão de acesso ao NBB.
Essa foi a terceira vitória do Campo Mourão em sete partidas disputadas  (42,8% de aproveitamento), mesma campanha do rival paulista, que leva vantagem na tabela de classificação devido ao confronto direto (duas vitórias contra uma). As duas equipes ainda estão atrás do Lins Basquete, líder com 66,6%, e Sport Recife, segundo colocado com 50%.
O ala do Campo Mourão, Castellon, foi o cestinha da partida com 23 pontos, seguido pelo armador Michel, que anotou 20. Quem também teve destaque pelo time vencedor foi o ala Paulo Nery, que marcou 15 pontos, mesma pontuação do ala Caio Ranches, principal nome do Rio Claro na partida.
Caio Ranches, do Rio Claro
Caio Ranches, do Rio Claro (Walter Natálio/Divulgação)
  • Miniatura
  • Miniatura
  • Miniatura
  • Miniatura
  • Miniatura
  • Miniatura
  • Miniatura
Apoiado pela torcida, o Campo Mourão começou melhor a partida. Aproveitando que o Rio Claro não encaixou o ataque, o armador Michel comandou a equipe da casa nos primeiros minutos e ajudou seu time a assumir a frente do marcador no início do primeiro quarto. Com uma cesta de 3 do ala Castellon, os paranaenses fecharam a etapa inicial com a liderança por 18 a 12.
Logo no primeiro ataque, o ala Caio Ranches matou um arremesso de 3, que mostrou que o time paulista entraria diferente para o segundo quarto. O Rio Claro evoluiu no setor ofensivo, pressionou o adversário e conseguiu a virada no final do período, após uma cesta do norte-americano Nafis Ricks (30 a 29). A liderança da equipe visitante se manteve até o final, 33 a 32.
O Rio Claro voltou do intervalo com a mesma postura da etapa anterior e chegou a por oito pontos de vantagem no placar (41 a 33). Foi nesse momento que o Campo Mourão se recuperou no jogo e, com um arremesso de 3 do ala Castellon, empatou o confronto novamente (43 a 43). Com moral e com boa atuação do ala Paulo Nery, autor de 10 pontos no terceiro quarto, a equipe paranaense fechou o período na frente, 57 a 53.
A virada elevou a confiança do time da casa, que logo na metade do último quarto, colocou 14 pontos de diferença no placar (69 a 55). O jovem armador Michel e o ala Castellon lideraram a equipe do Paraná no quarto período e não permitiram que o Rio Claro conseguisse se recuperar em quadra.
Campo Mourão e Rio Claro Basquete voltam a se enfrentar nesta segunda-feira, às 20h, no Ginásio de Esportes JK, na cidade paranaense.

sexta-feira, 28 de março de 2014

JOGOS DA EQUIPE DO DEC/SÃO JOSÉ BASQUETE

Data 23/03/2014 - Domingo| Fase: Classificação Grupo B[ +detalhes]
GrupoJogoHorarioEquipe Local   Equipe Visitante
Grupo B709:30Clube de Campo de Piracicaba66X48A B São José do Rio Pardo
Data 30/03/2014 - Domingo| Fase: Classificação Grupo B[ +detalhes]
GrupoJogoHorarioEquipe Local   Equipe Visitante
Grupo B311:00A B São José do Rio PardoXA.E.Mocoquense/Mocovel/Unimed
Data 05/04/2014 - Sábado| Fase: Classificação Grupo B[ +detalhes]
GrupoJogoHorarioEquipe Local   Equipe Visitante
Grupo B1109:30A B São José do Rio PardoXPrefeitura do Municipio de Itatiba
Data 13/04/2014 - Domingo| Fase: Classificação Grupo B[ +detalhes]
GrupoJogoHorarioEquipe Local   Equipe Visitante
Grupo B1510:00A B São José do Rio PardoXSociedade Hipica de Campinas
Data 17/04/2014 - Quinta| Fase: Classificação Grupo B[ +detalhes]
GrupoJogoHorarioEquipe Local   Equipe Visitante
Grupo B1719:00SESI Amoreiras CampinasXA B São José do Rio Pardo
Data 27/04/2014 - Domingo| Fase: Classificação Grupo B[ +detalhes]
GrupoJogoHorarioEquipe Local   Equipe Visitante
Grupo B2211:00Clube Atletico AtibaiaXA B São José do Rio Pardo

DEC/SÃO JOSÉ BASQUETE ENFRENTA MOCOCA EM CASA




A equipe do DEC/SÃO JOSÉ BASQUETE sunb 15 masc. volta a quadra nesse domingo dia 30 de março as 10hs30. O jogo é contra a equipe da AEM/Mocovél/Unimed. O jogo é válido pela primeira fase do Campeonato Paulista de Basquetebol, fase Liga de Iracemápolis. Para o técnico Hebinho mais que a vitória, o importante é dar ritmo de quadra para os garotos, que no último jogo fizeram um excelente primeiro tempo contra CC Piracicaba.
Mococa é o atual vice campeão regional, e sempre tem grandes equipes na base. Para esse jogo o técnico Hebinho deve contar com os seguintes jogadores: Tiago, Misael, Felipe, De Souza, Jonas, Tellisson, João Paulo, Luquinha, Octávio, Gustavo, Samuel Brito, Matheus, Rigério e José Vitor.

quarta-feira, 26 de março de 2014

CAMPO MOURÃO VENCE LINS BASQUETE.



Campo Mourão Basquete vence em Lins, 77 X 70, com primeiro tempo de 43 X  32, CM Basquete. Começa com Rio Claro neste domingo a série de 4 jogos em casa. Equipe continua na quarta colocação, podendo igualar a Rio Claro já no domingo o números de vitórias. Atuação desta terça-feira foi muito boa, com algúns jogadores subindo sua qualidade de jogo e apresentando um jogo mais coletivo. Técnico Emerson de Souza trabalhou bastante a equipe, após primeira derrota, já que vitória no segundo jogo  iria recolocar a equipe com chances de classificação. Perspectiva de um JK com grande público no domingo 17 hs, e na segunda-feira 20 hs. Diretoria da Amobasquete prepara uma grande festa para estes dois jogos que devem marcar um público recorde para as últimas temporadas. Ingressos a venda na Sexta Feira na Fiorella Padaria, a 10 reais. 

terça-feira, 25 de março de 2014

DEC / SÃO JOSÉ BASQUETE PERDE NA ESTRÉIA


Lance do jogo em Piracicaba.

A equipe do DEC/São José Basquete, estreiou com derrota para a equipe do Clube de Campo de Piracicaba por 66 a 48. Para o técnico Hebinho, a equipe fez um excelente jogo de estreia, porém não soubemos administra uma diferença de 11 pontos anosso favor. Atuaram para a equipe os seguintes jogadores: Misael (5), De Souza (10), João Paulo, Jonas (15), Felipe (4), Lucas Marcelino, Tellison Leão (5), Gustavo Morgan, Tiago e Otávio Morgan.
O próximo compromisso da equipe riopardense será contra a forte equipe da AEM/ Mococa dia 30 domingo as 10hs no ginásio da AAR.

SPRINT FINAL


Com boa sequência de pontos emplacada nos minutos finais, Lins Basquete supera Campo Mourão e mantém liderança da Liga Ouro 2014
O Lins Basquete continua na liderança da Liga Ouro 2014. Nesta segunda-feira, a equipe do interior paulista abriu sua participação na terceira semana da Divisão de Acesso ao NBB com suada vitória sobre o Campo Mourão, pelo placar de 72 a 63, no Ginásio Municipal de Esportes João Santos Meira, em Lins (SP).
Quem se sobressaiu em favor dos linenses foram o ala/armador Soriani, responsável por 15 pontos, cinco rebotes e três bolas recuperadas, seguido pelo ala Vinícius Teló, com 14 pontos e dois roubos de bola. O cestinha da partida, por sua vez, foi o ala da equipe paranaense Paulo Nery, que deixou a quadra com 24 pontos em 33 tentados (72,7% de aproveitamento).
Após manutenção da liderança da Liga Ouro, o Lins Basquete registrou sua quarta vitória em cinco partidas na competição (80% de aproveitamento). O Campo Mourão, por outro lado, permaneceu na última posição, com campanha de um triunfo em cinco oportunidades (20% de aproveitamento).
As duas equipes voltam a se enfrentar nesta terça-feira (25/03), no fechamento da terceira rodada da Divisão de Acesso ao NBB, novamente no Ginásio Municipal de Esportes João Santos Meira, em Lins (SP), às 20h.
O Lins, do armador Cauê Verzola, continua como líder da Liga Ouro (Luiz Pires/LNB)
O Lins, do armador Cauê Verzola, continua como líder da Liga Ouro (Luiz Pires/LNB)
Dono da casa, o Lins começou a partida com tudo. Conduzidos pelas jogadas tramadas entre o armador Ismar e o ala Vinícius Teló, a equipe paulista e abriu logo 10 a 2 nos primeiros momentos do jogo. O Campo Mourão rapidamente reagiu e anotou dez pontos seguidos para devolver a igualdade ao confronto (12 a 12). Através de boa participação do ala Castellon no minuto final, o time paranaense virou o jogo e fechou a primeira etapa vencendo por 14 a 13.
Após perder a liderança do placar no minuto final da parcial anterior, o time do interior do Estado de São Paulo partiu firme em busca da virada. Liderados por Casé e Soriani, os comandados de Lucas Mirandola conseguiram a virada após cinco minutos de jogo no segundo quarto (19 a 18). Depois de conseguir a virada, os linenses deslancharam, chegaram a abrir 11 pontos de frente (32 a 21) e foram para os vestiários levando a melhor, por 32 a 25.
Com bola de 3 pontos do ala/pivô Eric Soares logo no primeiro ataque do terceiro quarto, Lins abriu dez pontos de frente, sua maior vantagem na partida até então (35 a 25). O time da Região Sul até teve seus bons momentos e chegou a reduzir a diferença para a casa dos quatro pontos, mas não deu procedência à reação e o adversário tornava a estender a margem. No minuto final, o Campo Mourão chegou a empatar o jogo (48 a 48), mas os linenses tornaram a ficar na frente, com dois lances livres do armador Cauê Verzola, e encerrou o terceiro quarto ganhando, por 50 a 48.
Lins começou a etapa final com um imponente 9 a 0 nos primeiros minutos, abriu 11 pontos de diferença (59 a 48) e viu a vitória chegar mais perto. Porém, quem pensou que os paranaenses estariam mortos no duelo se enganou, pois a equipe visitante foi pra cima e colocou fogo no jogo novamente ao cortar o prejuízo para apenas um ponto (61 a 60). Mas com dois minutos para o fim, a reação paranaense foi por água abaixo quando Lins emplacou uma sequência decisiva de 10 a 0, deixou a diferença em dez pontos (71 a 60) e confirmou seu triunfo, pelo placar de 72 a 63.

CURSO DE ALTO NÍVEL.


Hebinho e Ruben Magnano, técnico da Seleção Brasileira de Basquetebol. Em Belo Horizonte no curso da Escola Nacional de Treinadores de Basquetebol.

segunda-feira, 10 de março de 2014

VAI COMEÇAR A LIGA OURO

Rio Claro e Campo Mourão inauguram Liga Ouro nesta terça-feira; equipes participantes da divisão de acesso apresentam elencos experientes
Está tudo pronto para o início da primeira edição da Liga Ouro. Criada nesta temporada, a competição que levará seu campeão diretamente ao NBB terá sua abertura oficial nesta terça-feira, às 20 horas (de Brasília), no Ginásio “Felipão”, na cidade de Rio Claro (SP), com o duelo entre o anfitrião Rio Claro Basquete (SP) e o Campo Mourão Basquete (PR).
Além das duas equipes, a Liga Ouro 2014 conta com a participação de Lins Basquete/PML/ABCEL (SP) e Sport Club do Recife (PE). Na fase de classificação, os quatro times jogarão entre si em quatro oportunidades, sendo duas vezes como mandante e outras duas como visitante. A agremiação de melhor campanha estará automaticamente classificada para a decisão da competição, enquanto que segundo e terceiro colocados se enfrentarão para decidirem o segundo finalista.
A final da Divisão de Acesso, assim como a disputa para a definição da vaga na decisão, ocorrerá em uma melhor de cinco jogos, no mesmo formato dos playoffs do NBB 2013/2014. A equipe de melhor campanha fará os confrontos de número um, dois e cinco (se necessário) em seus domínios, enquanto que o time de pior campanha sediará as partidas três e quatro (se necessário).
Experiência marca elenco das equipes
As quatro equipes participantes da Liga Ouro 2014 contarão com atletas renomados e com passagens pelo NBB em seus elencos. Rio Claro tem em seu plantel dois atletas com larga passagem pela elite do basquete brasileiro: o armador Eric Tatu, ex-UniCEUB/BRB/Brasília e Winner/Kabum/Limeira, e o pivô Estevam, campeão do NBB 2009/2010 pelo Brasília e que estava no Unitri/Magazine Luiza no último ano.
Além da dupla, o time comandado pelo técnico Marcelo Tamião conta também com os alas Caio Ranches, ex-Mogi das Cruzes/Helbor, e Luisinho, que disputou as quatro primeiras edições do NBB pelo Araraquara, e o norte-americano Nafis Ricks, que chegou a disputar dois jogos pela Liga Sorocabana na atual temporada do NBB. Outros bons nomes da equipe do interior paulista são o jovem ala Vinícius Pastor e os alas/pivôs Mosso e Stábile.
“Já tínhamos uma base montada. Fomos campeões da Copa Sudeste em 2013 e também participamos do Campeonato Paulista 2013. Para a Liga Ouro, trouxemos alguns jogadores experientes e que serão muito importantes durante essa nossa caminhada para conseguir a tão sonhada vaga na elite do basquete brasileiro”, disse o técnico do Rio Claro, Marcelo Tamião.
Ex-Uberlândia, Estevam será um dos destaques do Rio Claro na Liga Ouro 2014 (Raphael Oliveira/EAZ)
Ex-Uberlândia, Estevam será um dos destaques do Rio Claro na Liga Ouro 2014 (Raphael Oliveira/EAZ)
Rival do Rio Claro na partida de abertura da competição, o esquadrão da cidade paranaense de Campo Mourão também possui um plantel recheado de atletas que já disputaram o NBB. Dos 12 jogadores pré-inscritos pela equipe na Liga Ouro, oito aturam no principal campeonato do basquete do país anteriormente. São eles: o armador Alexandre Pinheiro, os alas Soró, Castellon, Lima e Paulo Nery, o ala/pivô Ricardo Azevedo, e os pivôs Éder Araújo e Marcos Hubner.
“É um grupo experiente. Temos vários jogadores que já jogaram o NBB por outras equipes e que sabem da importância e da força desse campeonato que devolveu a credibilidade do basquete brasileiro. Então, com a possibilidade do Campo Mourão ser a primeira equipe do Estado do Paraná a disputar o NBB nossa motivação é muito grande na Liga Ouro. Sabemos das dificuldades, mas estamos com muita vontade de conquistar esta vaga na elite da modalidade no país”, declarou o técnico paranaense Emerson de Souza.
Paulo Nery disputou a última temporada do NBB pela equipe do Suzano (João Pires/LNB)
Paulo Nery disputou a última temporada do NBB pela equipe do Suzano (João Pires/LNB)
Outra equipe que não fica para trás no quesito “ex-NBB’s” é o Lins Basquete/PML/ABCEL (SP). Atual campeão do Campeonato Paulista – Primeira Divisão (Divisão de Acesso), o time do interior do Estado de São Paulo tem em seu elenco quatro jogadores que disputaram a última edição do NBB (2012/2013): o armador Ismar, ex-UniCEUB/BRB/Brasília), o ala Vinicíus Teló, que vestiu a camisa do Joinville, e os pivôs Casé e Cleiton Sebastião, que atuaram por Vila Velha e Suzano, respectivamente.
“O jogador mais novo do nosso time tem 25 anos. Temos um time ‘velho’, mas que conta com atletas experientes e que podem fazer a diferença neste campeonato. Lançamos um programa de sócio-torcedor recentemente e a cidade toda está abraçando essa equipe. Estrearemos em casa e vamos correr para começar com o pé direito esta intensa disputa na Liga Ouro”, disse o treinador do Lins, Rodrigo Magalhães.
Um dos destaques do Joinville no último NBB, Vinícius Teló defenderá o Lins na Liga Ouro (Newton Nogueira/Divulgação)
Um dos destaques do Joinville no último NBB, Vinícius Teló defenderá o Lins na Liga Ouro (Newton Nogueira/Divulgação)
Único participante da Região Nordeste na Liga Ouro, o Sport Club do Recife foge um pouco à “regra” e tem no ala/pivô cubano Amiel Vega, que vestiu as camisas de Saldanha da Gama (2009/2010) e Vitória (2010/2011) no NBB, seu atleta com mais experiência. Em compensação, a equipe pernambucana aposta na base que ficou com o décimo lugar na LDB 2013 para conquistar a vaga na elite do basquete brasileiro.
Destaque da campanha rubro-negra na competição Sub-22 e com bagagem no NBB, o ala/pivô Durval segue na equipe, assim como o armador Felipe, os alas Breno e Érick Vierne e os pivôs Arroz, Coutinho e João Martins. Além disso, o Sport reforçou seu plantel com três jogadores que também se destacaram no campeonato de base: o armador Carioca e o ala Luizinho, ambos ex-Ginástico (MG) e o ala Leandro, ex-Tijuca (RJ).
“Vamos jogar um campeonato super importante, que é a Liga Ouro, com jovens talentos do basquete brasileiro. Assim, além de dar continuidade ao trabalho feito no Sub-22 poderemos contribuir de fato com a renovação do basquete brasileiro. É uma aposta que fizemos e acho que temos condição de fazer frente às outras três equipes que vem para o campeonato com elencos repletos de jogadores rodados. É uma boa oportunidade para esta garotada, que tem muito talento”, explicou Ricardo de Oliveira, técnico do Sport na Liga Ouro e que também comandou a equipe na LDB 2013.

domingo, 9 de março de 2014

CAMPO MOURÃO BASQUETE

CAMPO MOURÃO BASQUETE


O técnico riopardense Emerson de Souza tenta vaga no NBB 2015: Conquistar o título da recém criada Divisão de Acesso do basquete nacional e a vaga para a NBB 2014/15. Este é o objetivo dos dirigentes da Amobasquete e Fecam – Fundação Municipal de Esportes - para o Campo Mourão Basquete. “É um sonho que estamos perseguindo, e trabalhando muito para que ele seja realidade em breve”, informa Nelson Pedro Martins, presidente da Amobasquete, entidade fundada há seis anos que coordena as atividades da modalidade em Campo Mourão. 

Para conseguir este feito histórico este ano, o Campo Mourão Basquete anuncia a contratação de seis experientes jogadores que já estão treinando e se juntaram aos atletas Dênis, Michel e Robinho, remanescentes do time pentacampeão paranaense da temporada passada. Chegaram experientes jogadores com passagem por vários times na NBB, os alas Evandro Fernandes, o “Soró (32 anos, 1,90m e 90 kg) – Ex-Piracicaba, Sorocaba, Bauru, Pinheiros, Minas; Rafael Castelon (28 anos, 1,93m e 93 kg) – Garça, Sorocaba, Fluminense, São Caetano; ala/pivô Ricardo Azevedo (30 anos, 2,01m, 102 kg) – Londrina, Pinheiros, Sorocaba, Bauru, Araraquara; ala/armador Paulo Néri (33 anos, 1,87m 90 kg) – Guarulhos, Santo André, São José dos Campos, Sorocaba e Goiânia); armador Alexandre Monteiro (28 anos, 1,75m 75 kg) – Uberaba, Vila Velha, Campos; e Marcos Egídio (31 anos, 2,10m 120 kg), que disputou sete temporadas na Europa (Portugal, Espanha e Luxemburgo) e no Chile.
Para o técnico Emerson Luiz de Souza, a equipe ainda precisa ainda de alguns reforços. Ele avalia como positivas as contratações desta temporada. “Agradeço à Fecam e à Amobasquete pelo apoio e investimentos. Estamos montando uma equipe forte, competitiva e de qualidade, que já está treinando forte na parte física com o professor Dimas de Paula, nosso novo preparador físico. Esperamos mostrar esse time brevemente em quadra para nossa torcida.”
Campo Mourão disputará a Divisão de Acesso do Basquete Nacional, a “Segunda Divisão", enfrentando a partir de 11 de março em jogos de ida e volta as equipes do Sport do Recife, e os paulistas Rio Claro e Lins. A Liga Nacional de Basquete anuncia que os jogos da Divisão de Acesso serão disputados nas noites de terças e quartas-feiras, e A equipe de melhor campanha estará automaticamente classificada para a decisão da Divisão de Acesso, enquanto que os posicionados na segunda e terceira posições farão playoff na melhor de cinco jogos para conhecer o segundo time finalista.
FORMATO –O Campo Mourão Basquete fará na primeira fase um total de 12 partidas, das quais seis em casa. A grande final da Divisão de Acesso 2014 e a disputa entre segundo e terceiro colocados da fase de classificação ocorrerão em uma melhor de cinco jogos, no mesmo formato dos playoffs do NBB.

quinta-feira, 6 de março de 2014

FESTIVAL DE BASQUETE


Local: Ginásio da Associação Atlética Riopardense - AAR


Equipes participantes:
AAR/DEC/RPFC/ABS
Arceburgo
Poços de Caldas
Araras

Categorias:
Sub 11 masculino
Sub 13 masculino
Sub 15 masculino
O festival será realizado em 2 tempos de 15 minutos cada jogo.

Tebela dos Jogos
Categoria sub 11

08:00h Arceburgo x Poços de Caldas
08:40h AAR/DEC/RPFC/ABS x Araras
09:20h Perdedor jogo 1 x Perdedor jogo 2
10:00h Vencedor jogo 1 x Vencedor jogo 2
10:40h Premiação

Categoria sub 13

11:00h Poços de Caldas x Araras
11:40h AAR/DEC/RPFC/ABS x Arceburgo
12:20h Perdedor jogo 1 x Perdedor jogo 2
13:00h Vencedor jogo 1 x Vencedor jogo 2
13:40h Premiação
Categoria sub 15

14:00h AAR/DEC/RPFC/ABS  x Arceburgo
14:40h Arceburgo x Poços de Caldas
15:20h AAR/DEC/RPFC/ABS  x Poços de Caldas

16:00h Premiação

terça-feira, 4 de março de 2014

CAMPO MOURÃO BASQUETE


Equipe do Campo Mourão Basquete

Mais do que o resultado e a performence, foi a bola rolando e os jogadores do Campo Mourão em ação para a torcida e principalmente para análise do técnico Emerson Luis de Souza e da comissão técnica. O placar do CM Basquete foi de 131 a 72 sobre o Titãs, de Curitiba. Amanhã tem mais um jogo-treino contra o mesmo Titãs, às 10h30 no JK.

O CM Basquete estreia na Liga Nacional de Basquete na noite de 11 de março, próxima terça-feira. Os jogos na terça e quarta serão em Rio Claro, interior paulista.
Os jogadores sentiram a falta de ritmo contra oTitãs, mas o entrosamento e as jogadas ensaiadas já começaram a aparecer para a satisfação do técnico Emerson.
O público foi muito bom para uma tarde de feriadão. Isso é um pernúncio do interesse do torcedor que está ansioso para ver o time mourãoense em quadra, nas noites de 18 e 19 de março em Campo Mourão, contra o Sport Recife.

fonte:ilivaldoduarte.blogspot.com.br

segunda-feira, 3 de março de 2014

JOGO TREINO


As equipes de basquete da AAR/RPFC/DEC/ABS realizou um jogo treino, como preparação para o festival de basquete que será realizado sábado dia 08/03, a partir das 08:00h no clube da Associação Atlética Riopardense, o festival será realizado nas categorias sub 11, sub 13 e sub 15 masculino, e com as cidades participantes Araras, Poços de Caldas e Arceburgo, as equipes riopardense conta com os técnicos Henrique Prevital, Filipe Lopes e Bruno Cabral.

RIO PARDO FC VENCE SANTA CRUZ DAS PALMEIRAS FORA DE CASA

As equipes sub 18 e sub 16 estiveram em ação no último dia 1o de outubro em Santa Cruz das Palmeiras e em Santa Rita do Passa Quatro p...