domingo, 29 de janeiro de 2017

COPA DIFUSÃO DE BASQUETE 2017

       
CONVITE COPA DIFUSÃO DE BASQUETE 2017    

A Copa Difusão de Basquete Regional vem através deste, convidar esta tradicional e renomada entidade do Basquetebol para participar dos campeonatos de 2017. A reunião técnica acontecerá no dia 07 de Fevereiro (Terça-Feira) as 19hs no Rio Pardo F.C. no município de São José do Rio Pardo.

Deverá estar presente pelo menos um representante da entidade que participará dos campeonatos, a entidade que não comparecer, poderá participar, porem terá que acatar todas as medidas estabelecidas na reunião técnica.

A Copa Difusão de Basquete Regional 2017 terá a Taxa de Premiação, que deverá ser paga até o mês de Abril por todas as entidades participantes, independente do numero de categorias que a mesma participe. O valor desta taxa será definido na Reunião Técnica.

A entidade deverá informar em quais categorias irá participar até no máximo dia 06 de Fevereiro de 2017, havendo a possibilidade de não serem aceitas inscrições de equipes após o inicio dos campeonatos.

Para 2017, já foram estabelecidas as categorias, assim como os sistemas de disputa de cada categoria como segue abaixo.

    Categoria Sub-10 (nascidos em 2007\2008) e Categoria Sub-12 (nascidos em 2005\2006): O campeonato será em sistema de Festival realizando as duas categorias no mesmo festival uma vez por Mês.

    Categorias Sub-14 (nascidos em 2003\2004) e Sub-16 (nascidos em 2001\2002): O campeonato será no sistema de Campeonato Regular com turno único ou turno e returno, dependendo do número de equipes, onde a tabela será formada em acordo entre os treinadores.

    Categoria Sub-18 (nascidos em 1999\2000) e Adulto (Livre): O campeonato será no sistema de Festival acontecendo uma vez por mês onde todas as equipes se enfrentam e as duas categorias juntas, porém se o numero de equipes for grande há a possibilidade de fazer outro sistema de disputa.

Contatos:
ü  Heber Luis (Rio Pardo FC) - (19) 9 9155 6719
facebook: Hebinho Souza

ü  Luiz Carlos (Santa Cruz das Palmeiras) - (19) 9 9213 3121

facebook: Basquete Scp Bulute Barretto
facebook: Copa Difusão de Basquete

CAMPO MOURÃO VENCE MAIS UMA FORA DE CASA

Mal educado

Em mais uma grande atuação coletiva, Campo Mourão é superior no último quarto, mantém o repertório excelente como visitante e vence Liga Sorocabana
O Campo Mourão Basquete segue embalado e sendo o grande medo dos mandantes no NBB CAIXA 16/17. Nesta sexta-feira (27/01), o time paranaense foi até Sorocaba (SP), e em confronto equilibrado, foi superior a LSB/Uniso no último quarto e alcançou sua sexta vitória como visitante na temporada, por 74 a 64.
O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, Nike e Avianca e o apoio do Ministério do Esporte.
Mal educado: Estreante no NBB CAIXA nesta temporada, o Campo Mourão tem se caracterizado por ser um “mal visitante”. Em sete partidas disputadas fora de casa, o time paranaense venceu seis. A única derrota na circunstância foi diante do Minas Tênis Clube, por 72 a 66, pela nona rodada do primeiro turno.
Momento chave: O golpe fatal mourãoense veio a 53 segundos do final. Com três pontos de vantagem (67 a 64) e o cronometro dos 24 segundos chegando ao fim, o ala norte-americano Isaac Thornton infiltrou, fez os dois pontos, sofreu falta e converteu o lance livre de bonificação, levando a diferença para duas posses de bola. Após a jogada, a LSB bem que tentou voltar ao jogo, mas não fez mais um ponto sequer.
Põe na conta: Com a vitória mourãoense e derrota do Paulistano/Corpore, os comandados de Emerson de Souza chegaram a nove triunfos em 16 partidas e agora dividem a sétima colocação do NBB CAIXA 16/17 com o Franca Basquete/Magazine Luiza. Já a Liga Sorocabana permanece na 13ª colocação, com quatro resultados positivos e 12 negativos.
Bola nele: Cestinha do NBB CAIXA 16/17, Betinho mais uma vez foi o grande líder do ataque mourãoense. Jogador com mais tempo de quadra pelo lado paranaense (33:28 minutos), o ala terminou como cestinha do Campo, com 17 pontos anotados, além de pegar dois rebotes, distribuir cinco assistências e recuperar três bolas.
#Jogajunto: Além do bom jogo de Betinho, o que se notou em mais uma partida foi o grande trabalho coletivo desempenhado pelo Campo Mourão na temporada. Sete dos 11 atletas que entraram em quadra nesta noite anotaram ao menos cinco pontos, com destaque para Douglas Nunes (12 pontos e seis rebotes), Isaac Thornton (dez pontos) e Cauê Verzola (oito pontos, quatro sobras e três assistências).
Correu atrás: Apesar de mais uma derrota, a Liga Sorocabana mostrou muito luta e perdeu o confronto nos detalhes. O grande nome da equipe paulista nesta noite foi o armador Enzo Cafferata, que anotou 18 pontos e distribuiu oito assistências.
Mais um: Não foi só Cafferata que se destacou pelo lado sorocabano. Segundo principal reboteiro da temporada, o ala/pivô Alexandre Paranhos chegou ou seu sexto duplo-duplo no NBB CAIXA 16/17, com dez pontos somados e 13 rebotes conquistados.
E agora? O Campo Mourão agora descansa e volta para casa, onde vai enfrentar o Banrisul/Caxias do Sul só no dia 04 de fevereiro, às 16 horas (de Brasília). Já Liga Sorocabana tem compromisso na terça-feira (31/01), contra o Franca, no Ginásio Pedrocão.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

"PIÁ TRAVESSO"

"PIÁ TRAVESSO",  Direto do interior do Paraná para o Brasil!


Chama acesa


Campo Mourão vence jogo equilibrado diante do Paulistano e interrompe sequência negativa no NBB CAIXA com grande vitória fora de casa
O Campo Mourão Basquete conquistou uma grande vitória fora de casa na noite desta quarta-feira (25/01). Em São Paulo, a equipe do interior do Paraná levou a melhor em um equilibrado duelo diante do Paulistano/Corpore, pelo placar de 85 a 78, e voltou a vencer no NBB CAIXA 2016/2017 após duas derrotas seguidas.
O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, Nike e Avianca e o apoio do Ministério do Esporte.
Põe na conta: Esta foi a oitava vitória do Campo Mourão em 15 partidas realizadas e a equipe igualou a campanha do Paulistano. No entanto, o time paulista segue à frente na tabela de classificação, na nona colocação, por levar a melhor nos critérios de desempate.
A união faz a força: Quatro jogadores comandaram a pontuação dos paranaenses. Betinho foi o cestinha da partida, com 18 pontos, seguido pelo armador Greg Brown, que marcou 17. Ambos com 14 pontos, Douglas Nunes e Isaac Thornton foram outros destaques do time vencedor.
Fala aí: “Foi uma vitória muito dura, diante de um adversário muito qualificado. Perdemos para eles em casa e agora devolvemos a derrota sofrida. Soubemos manter a cabeça no lugar nos momentos decisivos da partida e isso foi determinante para nossa vitória”, disse o norte-americano Brown.
Na hora certa: Principal pontuador da temporada, Betinho não teve grande exibição nos três primeiros quartos. Só que o camisa 26 brilhou e marcou 13 de seus 18 pontos na parcial final para ser personagem para lá de decisivo para o triunfo dos visitantes.
Bem que tentaram: Dois jogadores tiveram atuações destacadas a favor do Paulistano. O ala Jhonatan foi o cestinha da equipe, com 16 pontos, enquanto que o armador Arthur Pecos deixou a quadra com nove pontos, oito assistências e seis rebotes na conta.
Entrou com tudo: O primeiro quarto foi marcado pelo equilíbrio, mas um jogador vindo do banco foi fundamental para o Paulistano terminar em vantagem. Em pouco mais de três minutos em quadra, Lucas Dias marcou oito pontos e fez com que os donos da casa se estabelecessem na liderança (22 a 18).
Virada dos paranaenses: O Paulistano ficou em vantagem por boa parte do segundo período. Só que nos últimos minutos antes da pausa para o intervalo, Campo Mourão virou o jogo. Com destaque para bons lances de Greg Brown, a equipe visitante se portou melhor na reta final da parcial e foi para os vestiários na frente (41 a 38).
Decidido no fim: Durante todo o segundo tempo, a partida permaneceu equilibrada. Nos minutos finais, Campo Mourão foi mais eficiente, principalmente por conta de lindos lances individuais de Betinho, e garantiu o importante e emocionante resultado positivo na capital paulista.
Ele voltou: Após desfalcar o Paulistano nos últimos quatro jogos, o armador Georginho retornou à ação nesta quarta. Após apenas dois treinos com o restante da equipe, o camisa 32 ficou em quadra por pouco mais de 12 minutos e registrou três pontos, três assistências e dois rebotes.
Segue fora: Ainda se recuperando de uma lesão no joelho esquerdo, o ala Mogi desfalcou o Paulistano pela sétima partida seguida. A previsão é de que o atual campeão do Torneio de Enterradas volte à ativa nas próximas semanas.
Casa cheia: O Ginásio Antonio Prado Junior esteve praticamente lotado nesta quinta. Inclusive com boa presença da torcida de Campo Mourão, a casa do Paulistano recebeu um de seus melhores públicos na temporada.
E agora? As duas equipes voltarão à quadra nesta sexta-feira (27/01). O Paulistano atuará mais uma vez em casa e receberá o Mogi das Cruzes/Helbor. Já o Campo Mourão seguirá no Estado de São Paulo e duelará com a Liga Sorocabana, em duelo que terá transmissão ao vivo do #NBBnaWeb.

sábado, 21 de janeiro de 2017

JUSTA HOMENAGENS A OSCAR SCHMIDT


Selecionado para jogar na NBA pelo New Jersey Nets em 1984, Oscar Schmidt, considerado um dos melhores jogadores de todos os tempos e membro do Hall da Fama, nunca chegou a jogar na liga norte-americana. Por regras da época, quem atuasse na NBA não poderia jogar pela seleção brasileira, motivo pelo qual Oscar decidiu abrir mão de um de seus grandes sonhos.
Passaram 33 anos e chegou a hora de uma correção histórica. Em uma ação inédita da ESPN e Budweiser, o brasileiro jogará pela primeira vez na NBA, conforme uma fonte acaba de confidenciar ao blog. Será no dia 17 de fevereiro de 2017, em Nova Orleans, durante o Jogo das Celebridades do final de semana das estrelas da NBA.
A Budweiser e a ESPN preparam um vídeo promocional bem emocionante para a próxima semana e pretende fazer inúmeras ações com o Mão Santa para potencializar a ação promocional.
Tive o prazer de velo jogar no final de sua carreira no Corinthians e Flamengo, o que ele fazia com 40  anos de idade, era de fazer inveja aos novos jogadores. Com certeza ele criou muitas inimizades por seu jeito que querer as coisas, porém o que ele fez dentro de uma quadra de basquete, seus feitos, títulos e postura perante o seu pais, isso ninguém fez e ninguém o fará. 
Grande Oscar "mão Santa".

domingo, 15 de janeiro de 2017

RIO PARDO FC VOLTA AOS TREINOS NESSA SEGUNDA



O basquete do alvi negro volta aos treinos nessa segunda dia 16 de janeiro. Para essa temporada o Rio Pardo FC contará com todas as categorias no masculino (7 anos ao adulto) e no feminino (dos 6 aos 17 anos).  



Para o técnico Hebinho que estará a frente de todas as categorias, esse ano vamos fortalecer ainda mais o basquete, teremos todas as categorias e nossa meta a chegar aos 300 alunos jogando basquete em todas as idades. Um dos grandes destaque do clube são as escolinhas masculina e feminina que tem idade a partir dos 6 anos com o baby basquete. Hebinho também destaca que o clube oferece oportunidade para os não sócios treinarem ao custo de uma mensalidade simbólica. 
Nesse ano o clube pretende disputar os seguintes campeonatos: Liga Regional, Lidarp, Copa Difusão, Copa São José, Jogos Regionais, Joguinhos Abertos, Copa São Paulo e Jogos Escolares.

BAURU VENCE CAMPO MOURÃO FORA DE CASA

Rafael  do Bauru, cestinha do jogo com 24 pontos
No Paraná, Bauru segura “sensação” Campo Mourão, vence de virada e se recupera de derrota na última rodada; equipe chegou à oitava vitória no NBB CAIXA 2016/2017
O Gocil/Bauru Basket conquistou uma importante vitória fora de casa na noite desta quinta-feira (12/01). No Ginásio Belin Carolo, no interior do Estado do Paraná, a equipe do interior paulista derrotou o Campo Mourão, de virada, pelo placar de 82 a 62, e voltou a vencer no NBB CAIXA 2016/2017.
O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, o patrocínio da SKY e os apoios do Ministério do Esporte e da Avianca.
Põe na conta: Bauru segue próximo do G-4 e chegou ao oitavo triunfo em 14 partidas disputadas (57,1% de aproveitamento). Agora, os atuais vice-campeões ocupam a sétima posição, mas com o mesmo número de vitórias do Universo/Vitória, terceiro colocado, que tem duas partidas a menos.
Fala aí: “Nossa defesa foi muito consistente e regular. Era nosso objetivo segurar o time deles que é forte principalmente dentro de casa e conseguimos”, disse Hudson Previdelo, que comandou o Bauru pelo terceiro jogo seguido já que o treinador Demétrius segue afastado por problemas de saúde.
Que dupla: Hettsheimeir e Alex tiveram grandes participações no triiunfo bauruense. O pivô foi o cestinha da partida, com 24 pontos, e ainda contribuiu com oito rebotes. Por sua vez, o “Brabo” deixou a quadra com 20 pontos, oito assistências e seis rebotes na conta e foi o jogador mais eificiente do duelo (28).
Cada vez melhor: Outro destaque do time vencedor, o ala Léo Meindl registrou sua maior pontuação nesta temporada, com 19 pontos. Completamente recuperado da lesão no tornozelo que o tirou das quadras por um mês, o camisa 23 ainda apanhou sete rebotes e totalizou 22 de eficiência – também suas maiores marcas na competição.
Recuperou rápido: Embalado por sua torcida, Campo Mourão iniciou a partida com tudo e chegou a abrir 15 a 3 de frente. Só que Bauru se recuperou ainda no primeiro quarto e baixou a desvantagem para seis pontos ao final dos dez minutos iniciais (22 a 16).
Virou e não largou mais: Campo Mourão segurou a liderança por boa parte do segundo quarto, mas Bauru virou o jogo poucos minutos antes da pausa para o intervalo. Depois disso, a equipe paulista não deu mais chance de reação aos rivais e ampliou a vantagem no placar durante o segundo tempo.
NBB CAIXA é assim: Depois de começar o ano de 2017 com uma grande vitória sobre o Mogi e chegar ao G-4, Campo Mourão conheceu sua segunda derrota consecutiva – antes havia perdido para o Franca Basquete, também atuando em casa. Agora, o time paranaense caiu para o nono lugar, com um total de sete triunfos em 14 jogos (50% de aproveitamento).
Pontuação dividida: O cestinha do time paranaense foi o ala Pastor, com 14 pontos. Principal cestinha do campeonato, o ala/armador Betinho contribuiu com 12, enquanto que o ala/pivô Douglas Nunes marcou outros dez pontos.
Desfalque importante: O Campo Mourão atuou desfalcado de uma de suas principais peças, o armador Cauê Verzola. Além dele, a equipe segue sem poder contar com o ala/pivô Andrezão e o pivô Atílio.
E agora? As duas equipes terão um longo tempo até o próximo jogo. O time paulista voltará à quadra no dia 24/01 para a reedição das duas últimas decisões do NBB CAIXA contra o Flamengo. Já o esquadrão do Paraná retornará à ação no dia seguinte e duelará com o Paulistano/Corpore.

PÉSSIMA ARBITRAGEM E CAMPO MOURÃO PERDE PARA FRANCA


Betinho, cestinha do Campo Mourão no NBB/Caixa

A torcida do Campo Mourão Basquete é muito família, comportada, educada, vibrante e reconhece o excelente trabalho que vem sem sendo realizado pela diretoria e comissão técnica do Campo Mourão Basquete na sua primeira vez no NBB. Uma cidade que tem a menor população e uma dasa menores estruturas entre todos os outros 14 participantes no NBB 2016/17.
Mas o Campo Mourrão Basquete tem uma torcida que enxerga, tem visão, paixão e entende de basquete, tem paixão pelo time de Campo Mourão - tanto que sua média de público supera a casa dos 1.500 torcedores por jogo. É uma torcida que sabe quando seu time joga mal ou quando seus adversários estão melhores e merecem as vitórias.
Mas essa mesma torcida comportada do Campo Mourão Basquete também tem atletas, técnicos e gente que jogou e joga basquete, e portanto, conhece as regras deste esporte apaixonante, conhece e reconhece quando uma arbitragem vai bem ou vai muito mal.
E foi isso que aconteceu na noite desta terça-feira no jogo em que Campo Mourão perdeu por 83 a 81 para Franca: uma arbitragem equivocada, tendenciosa e favorável ao time francano. Em muitos dos lances duvidosos eles foram pró-adversário, não tinham padrão de arbitragem, não marcaram a mesma coisa para os dois lados, e cometeram muitos equívocos que favoreceram os visitantes - tetracampeão das Américas e unodecacampeão brasileiro. 
Mas isso não pode acontecer, nossa cidade tem brio, tem paixão, sabe torcer e reconhecer, mas também repudia uma arbitragem como a que esteve na noite desta terça-feira no Belin Carolo, na UTFPR, em Campo Mourão. Tanto que muitas manifestações nas redes sociais logo após o jogo mostram isso, a insatisfação da torcida mourãoense.
Podemos perder, mas em quadra jogando, mas nunca para a arbitragem; podemos não ter as camisas e tradições de times como Franca, Bauru, Flamengo, mas saberemos perder quando não formos melhores que os nossos adversários, e iremos repudiar as más intenções desta mesma  arbitragem, que custa caro e deve ter um mesmo padrão na condução de uma partida em um campeonato tão difícil e equilibrado como é o NBB, principalmente para times com expressões e investimentos menores como é o caso do Campo Mourão, que vem sendo a sensação do NBB.
Fala Torcedor:
Luiz Eduardo Menegassi: "Trio de arbitragem vergonhoso nesta noite, só faltou colocarem o uniforme do Franca pra ficar mais na cara."
Gabrielle Starmandinoli:"Indignada!!!!! Não tenho outra palavra para descrever... Não marcaram pontos válidos no final e perdemos! Mas isso só mostra que nossos guerreiros lutaram até no fim e são hiper campeões!."
Cyeliton Almeida: "Ganhar do franca é fácil o difícil é ganhar daquele trio de arbitragem."

sábado, 7 de janeiro de 2017

O céu é o limite!



Com cesta decisiva de Betinho, Campo Mourão vence partida eletrizante contra Mogi, conquista o sétimo resultado positivo e sobe para a quarta posição
O Campo Mourão segue fazendo história no NBB CAIXA 2016/2017. Na noite desta sexta-feira (06/01), atuando em casa, a equipe paranaense conquistou mais uma grande vitória em sua temporada de estreia e derrotou o Mogi das Cruzes/Helbor, pelo placar de 95 a 94.
O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, o patrocínio da SKY e os apoios do Ministério do Esporte e da Avianca.
Põe na conta: Este foi o sétimo resultado positivo do Campo Mourão em 12 partidas realizadas (58,3% de aproveitamento). Com isso, a equipe subiu para a quarta colocação, ultrapassando o próprio Mogi , que sofreu sua quarta derrota em nove jogos (55,6% de aproveitamento) e caiu para a sexta posição.
Que campanha! O triunfo desta sexta sobre os atuais campeões da Liga Sul-Americana não foi o primeiro grande feito do Campo Mourão no NBB CAIXA. Antes, a equipe conquistado grande vitórias sobre UniCEUB/BRBCARD/Brasília, EC Pinheiros e Vasco da Gama, todas fora de casa.
Jogada decisiva: Com pouco menos de um minuto para o fim do jogo, Betinho converteu cesta seguida de falta e, em uma jogada de três pontos, virou o jogo para Campo Mourão. Depois disso, as duas equipes desperdiçaram seus ataques e o time paranaense garantiu o emocionante triunfo.
Não foi só isso: Após ficar de fora dos últimos três jogos, o ala/armador Betinho teve atuação brilhante, principalmente nos dez minutos finais, e foi determinante para a vitória de sua equipe. Chamando a responsabilidade, o jogador marcou expressivos 16 pontos no último quarto, com direito à cesta da vitória, e deixou a quadra com 29 pontos.
Bem que tentaram: Para vencer, Campo Mourão precisou segurar grandes atuações dos norte-americanos Shamell e Tyrone. O primeiro converteu sete arremessos de três pontos em sete tentativas (100% de aproveitamento) e foi o cestinha da partida, com 31 pontos. Já o camisa 88 marcou 25 pontos, sendo 19 deles no segundo tempo, e ainda apanhou cinco rebotes.

Também foram bem: Autor 15 pontos e seis rebotes, o ala Pastor foi outra figura importante para o triunfo do Campo Mourão, assim como Greg Brown, dono de 13 pontos. Com contribuições em todos os fundamentos – dez pontos, três rebotes, duas assistências, duas roubadas de bola e dois tocos -, o ala/pivô Douglas Nunes foi mais um destaque da equipe paranaense.
Noite de estreias: A partida desta sexta foi a primeira do ala/armador Isaac Thornton com a camisa do Campo Mourão e o norte-americano deixou boa impressão, com 13 pontos e quatro rebotes. Outro debutante da noite, o também norte-americano Jordan Montgomerry acabou pouco utilizado pelo técnico Emerson de Souza.
Lá e cá: O primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio. Nos minutos inicias, Mogi chegou abrir vantagem (10 a 2), mas os donos da casa não demoraram a reagir e viraram o jogo ainda no primeiro quarto (28 a 24). Na segunda parcial, a partida seguiu em ritmo intenso e o intervalo chegou com o placar em igualdade (47 a 47).
Poder de reação: Na volta dos vestiários, Mogi emplacou uma ótima sequência e chegou a abrir 12 pontos de frente (75 a 63). Ainda no terceiro quarto, Campo Mourão reagiu e cortou o prejuízo para seis pontos (75 a 69). Depois, logo no início dos dois primeiros minutos da parcial final, a equipe do Paraná virou o jogo e a partir de então o duelo seguiu parelho até o fim.
E agora? As duas equipes voltarão à quadra na próxima terça-feira (10/01). Em um dos grandes confrontos do NBB CAIXA, Mogi receberá o Gocil/Bauru Basket no Ginásio Hugo Ramos, com transmissão ao vivo dos canais SporTV. Novamente como mandante, Campo Mourão enfrentará o Franca Basquete.

FINAIS DA COPA SÃO JOSÉ DE BASQUETEBOL


Chegou ao final a quinta edição da Copa São José de Basketball, registrando um recorde de participação com 9 equipes. 
A grande campeã foi a Equipe da Sociedade Esportiva Sanjoanense, com o vice campeonato ficou Mococa e em terceiro o Paraíso/Basquete.
O cestinha da competição foi o atleta Matheus Vinicius de Vargem Grande do Sul com 99 pontos marcados, o MVP foi o atleta da Esportiva Diogo Aga e o cestinha de 3 pontos foi Marcelo Marcos com 19 cestas convertidas do perímetro durante a competição.
Em 2017 todas as equipes manifestaram interesse em disputar novamente e a expectativa seja de mais equipes!
Parabéns a todos os atletas, comissões técnicas, oficias de quadra e mesa!
Até 2017! 

 ESPOTIVA SÃO JOÃO DA BOA VISTA
 MOCOCA
SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO

BASQUETE FEMININO DO RIO PARDO VENCE SOCORRO

O basquete feminino do Rio Pardo FC venceu mais uma partida válida pelo CIRCUITO DE BASQUETE FEMININO. O jogo foi realizado na cidade de...